Um golfinho bebê morreu depois de um bando de turistas o ter “atacado” para tirar selfies para posta nas redes sociais, nas praias da Espanha.

delfim Espanha

Depois de ser cercado por turistas que queriam tirar fotos na praia no sul da Espanha, o golfinho morreu. Ele havia perdido sua mãe e estava perdido em águas rasas na costa da Mojacar na Andaluzia.

Os turistas começaram a tirar fotos e tocá-lo, em vez de procurar ajuda. Equinac, uma organização não-governamental, disse que o egoísmo dos turistas causou o sofrimento e estresse do golfinho, o que o levou à morte.

delfim Espanha

Manifestação das ONGs

Depois da viralização da notícia, os ataques contra a ONG multiplicaram exponencialmente, por isso, a organização emitiu um comunicado esclarecendo a sua opinião. A ONG que trabalha para proteger a vida marinha na área, escreveu no Facebook:

O animal foi submetido aos curiosos que queriam fotografar-lo e tocá-lo, e isto é confirmado pelo coordenador dos salva-vidas e a própria fotografia onde as crianças estão tocando o animal, cobrindo-a involuntariamente a bolha (buraco onde respira), e também é prejudicial para o animal submerso o fato de que crianças e adultos acariciado… cetáceos são animais muito sensíveis ao estresse e manuseio, ficar sobre eles para tirar fotos e tocá-los, faz com que seus batimentos cardíacos subam a níveis prejudiciais, levando à falha em grande parte cardiorrespiratória, que foi o que aconteceu.

comunicado delfin

… O que dissemos sim, é que deveriam ter ligado ao 112 antes, não apenas correrem para tirar fotos de um bebê golfinho assustado e fraco, e passamos muitos anos fazendo isso e ocorre em 100 por cento dos casos… Finalmente, todos esses animais são altamente protegidos; perturbar, danificá-los, manipulá-los e atormentá-los é proibido por lei, e sempre pede-se respeito e consideração. Até certo ponto, qualquer tipo de comportamento que vemos de outra forma, não vamos hesitar um segundo para denunciá-la. Não vamos falar mais a respeito. Nosso Facebook é o único pelo o qual somos responsáveis, e não pelo resto das informações prestadas.

Este caso não é novo, e em outras ocasiões os turistas tinha o mesmo, e mataram outro golfinho, em janeiro, e se documentou outro, um mês depois .

zumbis gif

CONTINUAR LENDO