Uma mãe de Utah, inadvertidamente, acendeu uma fogueira quando lançou uma festa de aniversário com tema japonês para a filha, Caitlyn, e postou sobre isso em seu Tumblr. De alguma maneira, perdeu-se o controle da publicação e alguns usuários começaram a acusar a mãe de encorajar o racismo. Um comentarista, que por sua vez era japonês, no entanto, entrou para definir a apropriação e defender sua cultura, e foi basicamente a maior queda de microfone do século.
A mãe em questão, que dirige um blog de planejamento de festa chamado The Gala Gals, é apenas uma das pessoas a entrar no debate feroz e moderno sobre a apropriação cultural, e quando é ou não ok determinada atitude. Você se veste como gente de outros países para se divertir como eles? Você provavelmente é um racista. Você gosta de usar um quimono porque aprecia sua beleza e significado histórico para o Japão? Vá em frente. Um argumento forte pode ser feito: estigmatizar a partilha de elementos culturais apenas cria mais distância entre nós.

Nós traduzimos a discussão e trouxemos para você, abaixo.

Confira!

Então, qual sua opinião?

CONTINUAR LENDO