A sociedade sempre teve um fascínio sobre o que aconteceria com a Terra e conosco se algo desastroso acontecesse. Aliás, esse provavelmente o motivo de Hollywood fazer tantos filmes sobre o fim do mundo.

Nós também estávamos interessados no assunto e decidimos descobrir o que aconteceria se a Terra simplesmente parasse (ela está realmente diminuindo o ritmo, aliás…). Bolamos alguns GIFs para ilustrar as consequências!

1. Todos os objetos voariam para o leste em alta velocidade sob seu próprio impulso.

  • Não percebemos a enorme velocidade com que a Terra está girando. Mas, se ela parar, segundo Sten Odenwald da NASA, tudo em sua superfície seria arrancado do chão e voaria para o leste de maneira veloz, eventualmente recuando. No equador, a velocidade seria a maior (cerca de 1.000 mph), enquanto mais perto dos pólos alcançaria 800 mph.

2. Ocorreriam enormes marés.

  • O poder do impulso faria com que a água nos mares e nos oceanos se movesse para formar tsunamis extremamente poderosos que iriam para o leste e limpariam as cidades costeiras da face da Terra.

3. Um vento poderoso aumentaria.

  • A atmosfera continuaria em movimento, e seu impulso faria girar ao redor do planeta – provavelmente várias vezes. A velocidade inicial do fluxo de ar seria enorme: mais de 1.100 mph. É possível que a Terra perca parte de sua atmosfera na ação.

4. Toda a água na Terra seria coletada em 2 oceanos, e um novo continente se formaria.

  • A água se reúne no equador agora devido à força centrífuga. Uma parada repentina na rotação da Terra faria com que as massas terrestres e a água se redistribuam para formar dois grandes oceanos em ambos os pólos. A terra no equador aumentaria e tornaria um novo continente gigantesco cobrindo todo o planeta através do equador.

5. As erupções de vulcões, furacões e terremotos começariam.

  • A enorme força cinética da Terra e seu impulso agitariam o planeta no seu núcleo. O resultado é bastante previsível: furacões totalmente poderosos, erupções vulcânicas e terremotos destrutivos. Em toda parte.

6. A Terra se transformaria de um geoide a uma esfera.

  • A forma do geóide da Terra é devido ao seu movimento de rotação. É um pouco achatado nos pólos e um pequeno abaulamento no equador (veja uma  palestra do Prof. Etienne Ghys da ENS de Lyon). Se o planeta parar, sua forma se tornará mais esférica.

7. Um hemisfério ficaria quente como um deserto enquanto o outro ficaria frio como a Antártica.

  • Se a Terra continuasse a fazer apenas uma volta ao redor do sol, apenas metade disso seria aquecida, tornando-a quente e sempre iluminada com as temperaturas mais altas do equador. O segundo hemisfério tornaria-se um reino de noite eterna e frio ártico. A NASA tem outra versão: a Terra deixaria de se virar completamente, e haveria um dia de 6 meses seguido de uma noite do mesmo comprimento.

8. O campo magnético que protege a Terra da radiação cósmica perigosa desapareceria.

  • O campo magnético é basicamente formado devido aos processos do núcleo externo (feito principalmente de ferro) e ao movimento de rotação do planeta. Se o último parasse, o campo magnético também desapareceria, prevê Sten Odenwald. O campo protege-nos do vento solar: as partículas carregadas do sol que destruiriam todo ser vivo.

9. Se as pessoas sobrevivessem, seria apenas na fronteira entre o calor e o frio.

  • A humanidade só poderia se adaptar às novas condições na fronteira da noite e do dia. Os seres humanos teriam que viver no subsolo e apenas sair em trajes de proteção por causa da radiação.

10. A Lua acabaria por cair na Terra, mas isso não seria breve.

  • O Prof. Vaughan Pratt, da Universidade de Stanford, diz que a Lua gradualmente diminuiria a velocidade e sua distância da Terra se reduziria. Com o tempo, provavelmente gradualmente, cairia em nosso planeta.

Na verdade, a Terra realmente está diminuindo. Em sua juventude, ela girou muito mais rápido: um dia durou apenas 6 horas. A gravidade da Lua provoca refluxos e marés que diminuem gradualmente a velocidade do movimento da Terra. A NASA calculou que esse dia aumenta em 2,3 ms a cada 100 anos. Depois de bilhões de anos, os dias se tornarão bem mais longos e então nosso planeta irá, talvez, parar completamente.

CONTINUAR LENDO